Últimas Postagens
Loading...
março 15, 2012


Música|

Este vídeo é um dos meus preferidos do grupo Coldplay, e ficou quase impossível para mim, assisti-lo e não deixar fluir o sentimento, e foi ouvindo essa música que resolvi escrever. Acho que é o vício pela escrita!




Quanto vale o amor?

Nada! O amor não tem preço.
O companheirismo não se paga, o estar junto transcende a todos os prazeres, compartilhar uma vida com quem se ama, é talvez o maior pagamento por estar vivo.

Viver com quem amamos não é algo mensurável, até que percamos esse convívio. A falta física do companheiro ou da companheira, é o que se poderia traduzir no acúmulo de saudade, é a falta do que foram um dia, momentos repletos de alegrias e de tristezas. 

Momentos de rápidos olhares intraduzíveis, o peso leve dos toques de carinho, o singelo rascunho de um simples sorriso, e isso não tem preço, até que chegue a perda, e nos consuma.
Voltar atrás  não é possível, a única coisa possível é a lembrança do passado, e cabe a cada um de nós escrevermos na linha da futura lembrança que levaremos conosco. A vida é como uma leve pena, voa rápido com apenas um sopro.

O amor não tem preço, cor, religião, etnia, condição social, cultural ou sexual, o amor é simplesmente “Amor”.


0 comentários:

Postar um comentário

Atenção. Os comentários no Blog estão temporariamente sem moderação. Não use frases racistas, discriminatórias, contra etnias, ou palavras que incitem à violência. Esse é um blog de entretenimento, comentários devem ser feitos, mas seja educado. E, por favor, não faça spam. Obrigado.