Últimas Postagens
Loading...
fevereiro 26, 2012


Cidade de Urville |

Um raro vislumbre das fronteiras extremas da capacidade humana em expressão artística.

Com uma população de 12 milhões, a arquitetura formidável retrata Urville, a capital de uma das cidades mais importantes da Europa. Talvez você esteja se perguntando: Urville? Tudo foi bolado pela imaginação fértil do rapaz, esta cidade nunca existiu.


Durante os últimos 20 anos, o artista francês Gilles Trehin planejou e desenvolveu uma mega cidade fantasiosa, com detalhes arquitetônicos notáveis, com contexto pensativo na cultura enraizada do mundo real, incluindo impactos da Segunda Guerra Mundial.


Quando tinha apenas 12 anos, Trehin começou a trabalhar em seu projeto. Fascinado por arranha-céus, especialmente os de Nova York, ele gradualmente desenvolveu a idéia de uma capital com sinônimo próximo as cidades francesas.

O nome Urville deriva de Dumont d’Urville, uma base científica localizada na Antártica. Além dos desenhos magníficos, ele criou uma história sobre a cidade, contanto sua trajetória:

“Urville foi fundada no século 12º a.C pelos fenícios, sob o nome de Qart-Sous-Yam (Carsucia). O nome foi mudado para Urville no século 1º d.C sob a ocupação de Roma. Urville era uma das três mais importantes cidades do Império Romano até o século 5º d.C. No terceiro século, a cidade já tinha 250.000 habitantes”.

Ele prossegue, imaginando os impactos da Revolução Francesa sobre a cidade imaginária:

“Em 1789, durante a Revolução Francesa, Urville tinha 2,8 milhões de habitantes, mas o número de habitações tornou-se demasiadamente limitado para acolher o crescimento populacional devido à Revolução Industrial. A fim de lidar com isso, as autoridades de Urville invocaram famosos urbanistas, como Oscar Laballière (1803/1883) para iniciar gigantescos projetos urbanos que delinearam Urville até os dias de hoje”.



 Também relatou acontecimento das guerras mundiais:

“A cidade foi poupada durante a 1º Guerra Mundial, mas sofreu bombardeios durante a 2º Guerra. No entanto, o povo de Urville pagou alto preço humano: cerca de 300.000 pessoas foram mortas na 1º Guerra e mais de 200.000 na 2º”.

Mais desenhos da cidade |




|||||

|||||


|||||


|||||


|||||

Trehin mostrando um de seus desenhos (Foto: Divulgação)


Os projetos arquitetônicos de Trehin refletem eventos históricos imaginários. Quem quiser conhecer seu trabalho ou comprar sua obra, pode fazê-lo através do site Amazon, clicando aqui! 

0 comentários:

Postar um comentário

Atenção. Os comentários no Blog estão temporariamente sem moderação. Não use frases racistas, discriminatórias, contra etnias, ou palavras que incitem à violência. Esse é um blog de entretenimento, comentários devem ser feitos, mas seja educado. E, por favor, não faça spam. Obrigado.