Últimas Postagens
Loading...
agosto 03, 2012


Muitos artistas fizeram parte do Período Barroco, tanto na arte da pintura, quanto na arquitetura, escultura e literatura. Vamos ver alguns destaques.




Dentro dessa ideia foi marcado o período a que chamou-se de Barroco, no século XVII. Regido por opostos, em contraste com o Renascimento, onde se predominavam a harmonia e otimismo, nesse período viu-se surgir a reclusão dos religiosos em mosteiros, isolando-se do mundo.

O barroco também foi marcado em vários aspectos, pela irracionalidade e um pessimismo em torno de tudo, ou seja, tudo um dia teria um fim. Durante essa época a Europa foi tomada por muitas guerras, como a Guerra dos Trinta Anos, que a devastou quase toda, entre 1618 e 1648.

A Alemanha foi a mais devastada, enquanto que a França foi se tornando a potência dominante, surgindo a aristocracia e a corte de Versalhes. Shakespeare viveu no período barroco, e juntamente com todo tipo de arte, a palavra de ordem era "a vida é um teatro", aliás o teatro moderno surgiu nessa época, e mostrava o ser humano em toda sua mesquinhez.

O barroco foi marcado por muitas contradições entre o materialismo e o espiritualismo, as coisas do céu e as coisas terrenas. Nas artes plásticas, vamos dar um destaque ao pintor italiano Caravaggio, pelos contrastes que regeram esse período, e isso é muito visível em suas obras, com ênfase à sua iluminação.

Caravaggio
*1573-1610

Caravaggio, Michelangelo Mersi da, nasceu em Caravaggio, perto de Bérgamo, em 1573. Foi para Roma por volta de 1590. Pintor italiano, muito polêmico e de comportamento irrequieto, marcou o inicio do período Barroco, representando uma revolução na pintura. Pintava cenas religiosas colocando pessoas comuns como santos e madonas em primeiro plano, sob uma luz forte.

Ceia em Emaús

Em suas pinturas temos a sensação das figuras movimentando-se ou como se gesticulassem fora da tela em direção ao espectador, tal é o realismo; como na pintura Ceia em Emaús, de 1597. Criou um estilo energético, usando luz e sombras e uma atenção meticulosa nos detalhes, que na maior parte de seu trabalho emergem de um fundo escuro, dando maior dramaticidade à cena.




Caravaggio era rebelde e boêmio. Sua vida foi tumultuada. Em 1606, perseguido pela justiça por matar um homem numa briga, fugiu para Roma, passou por Nápoles, depois por Malta e pela Sicília, onde pintou telas de um lirismo transfigurado, como A ressurreição de Lázaro, na qual sob um imenso pavor de um espaço vazio, um raio de luz rasante parece imobilizar o drama sagrado. 

Muitos artistas da Europa tiveram influência de Caravaggio, principalmente nos Países Baixos, como Gerrit van Honthorst, que esteve na Itália de 1610 a 1620.
Rembrandt , que nasceu quatro anos antes da morte de Caravaggio, nunca viu um de seus quadros, porém em contato com Honthorst, que esteve em Roma, aprendeu muito do realismo e do uso da luz de Caravaggio. 

Judite com a cabeça de Holofernes

A obra Judite com a cabeça de Holofernes, que se encontra no Palácio Barberini em Roma (ao lado) foi feita durante sua estadia nessa cidade, como hóspede nas dependências do cardeal del Monte, e contém traços típicos do artista, no contraste entre luz e sombra e o realismo trágico, que causou polêmicas. O quadro conta a história de Judite (livro bíblico), que liberta o povo judeu, cortando a cabeça do general assírio.




Caravaggio morreu a caminho de Roma, em uma praia, vítima de malária  aos trinta e sete anos de idade, em 1610.

O Museu de Arte de São Paulo está expondo sete obras de Caravaggio. A exposição teve início no dia 2 de Agosto e vai até 30 de Setembro. 




Outros artistas do Período Barroco

BERNINI
Gian Lorenzo nasceu em Nápoles, em 1598, filho de escultor foi para Roma quando ainda era menino, em 1605. Lá o sobrinho do papa, o cardeal Scipione Borghese, foi atraído por seus trabalhos e encomendou várias esculturas mitológicas como Plutão e Perséfone, e Davi. Bernini foi brilhante, o maior arquiteto do barroco. 


Baldaquino



Começou a trabalhar no baldaquino da Basílica de São Pedro em 1624, e foi nomeado arquiteto da igreja em 1629. Trabalhou para os papas Urbano VIII, Inocêncio X e Alexandre VII. Em 1665, Luís XIV o convidou a ir para a França. 














Vaticano

Em 1626, projetou o imenso colunado em forma elíptica, da Praça de São Pedro, com uma largura de duzentos e quarenta metros, cercado por duzentas e oitenta e quatro colunas, em quatro filas e coberto por cima com cento e quarenta estátuas de santos mártires. Morreu em 1680.











Ao lado mais uma obra de Bernini, a escultura O rapto de Proserpina, Galeria Borghesi, Roma











HONTHORST
Violinista feliz


Gerrit Van nasceu em Utrecht, Holanda, em 1590. Viveu em Roma por volta de 1610 a 1620, onde foi influenciado por Caravaggio, adotando sua maneira de fazer figuras emergirem de um fundo escuro por meio da luz direta. Morreu em 1656.



















REMBRANDT

A ronda noturna - 1642
Harmenszoon Van Rijn nasceu em Leyden, em 1606. Após um ano na Universidade de Leyden fez seu aprendizado com um pintor local, e depois em 1624 com um pintor mais importante em Amsterdam. Pintou temas bíblicos, paisagens e retratos de gente comum, sobretudo judeus, entre os quais passou a viver. Além da pintura fez muitos desenhos e gravuras de riquíssima qualidade. Influenciado por Caravaggio, no uso da luz e na compreensão humana. Morreu em 1669.





RUBENS

Retrato de Maria Ana da Espanha - 1620-1625
Peter Paul nasceu em Siegen, na Westfália, em 1577. Aprendeu a pintar na Antuérpia entre 1592 e 1599. Esteve na Itália como pintor palaciano do duque de Mântua de 1600 a 1608. Sua carreira teve muita prosperidade, construiu ele mesmo uma casa palaciana em Antuérpia, e mais tarde adquiriu o Castelo de Steen. Foi armado cavaleiro por Carlos I da Inglaterra. Morreu em 1640.













Fonte de pesquisa: "A arte de ver a arte" - Susan Woodford - História da arte da Universidade de Cambridge

O Autor do Blog
Geraldo Ráiss Geraldo Ráiss, criador e editor do Blog, estudou Administração de Empresas, autodidata, tem como hobbie escrever poemas e romances. Apreciador da boa música e das artes, e claro, criar artigos para o Blog.

0 comentários:

Postar um comentário

Atenção. Os comentários no Blog estão temporariamente sem moderação. Não use frases racistas, discriminatórias, contra etnias, ou palavras que incitem à violência. Esse é um blog de entretenimento, comentários devem ser feitos, mas seja educado. E, por favor, não faça spam. Obrigado.