Últimas Postagens
Loading...
agosto 08, 2012


Se os seus pais acham que você passa tempo demais na frente do computador, eles provavelmente ficariam chocados se visitassem a Coreia do Sul.






Cerca de 8% da população do país com idade entre 9 e 39 anos é viciada em internet ou games, de acordo com estimativa feita pelo governo em 2010.

“Viciado”, no caso, não é exagero, pois o comportamento e as técnicas usadas para tratar essas pessoas são muito similares aos de casos de dependentes do álcool e de outras drogas. De acordo com o psiquiatra Han Doug-hyun, do Hospital Universitário de Chung-Ang (localizado em Seul, capital do país), onde são tratados viciados em internet ou games, há cinco sinais do vício:

1. Rotina desregulada: a pessoa passa a madrugada inteira jogando e dorme durante toda a tarde, por exemplo.

2. Abandono de responsabilidades: para ter mais tempo para gastar na frente do computador, a pessoa larga o emprego ou os estudos.

3. Tempo de uso crescente: poucas horas de jogo já não satisfazem, e a pessoa precisa passar cada vez mais tempo no mundo virtual.

4. “Síndrome de abstinência”: quando é obrigada a se “desconectar”, a pessoa perde a paciência facilmente ou fica excessivamente ansiosa.

5. Necessidade descontrolada: com o tempo, a pessoa tem uma forte necessidade de jogar (ou navegar na rede), muito mais forte do que seria normal.

E você, leitor? É ou conhece alguém assim?
Fonte: CNN via HypeScience

O Autor do Blog
Geraldo Ráiss Geraldo Ráiss, criador e editor do Blog, estudou Administração de Empresas, autodidata, tem como hobbie escrever poemas e romances. Apreciador da boa música e das artes, e claro, criar artigos para o Blog.

2 comentários:

  1. Cara muito Obrigado, Pelo visto eu estou com problema, vai procurar ajuda online!

    ResponderExcluir

Atenção. Os comentários no Blog estão temporariamente sem moderação. Não use frases racistas, discriminatórias, contra etnias, ou palavras que incitem à violência. Esse é um blog de entretenimento, comentários devem ser feitos, mas seja educado. E, por favor, não faça spam. Obrigado.