Últimas Postagens
Loading...
setembro 03, 2011

Foi-se o tempo que a gente comprava um disco (não vou dizer LP, senão...), colocava pra tocar e a agulha (pronto, me trai) ia até o final. Melhor época? Começo dos anos setenta até final dos anos oitenta. E depois? Bem, depois disso com exceção de algumas bandas, o resto foi um emaranhado de barulho ensurdecedor sem nexo, sem harmonia e sem graça.

Eu sou da época do Som Pop, que a TV Cultura transmitia todo sábado, e nesse dia nós, adolescentes rebeldes sem causa, mas só pra chamar a atenção (ninguém matava, agredia, e não vivíamos em gangues) nos reuníamos na casa de alguém pra assistir o programa. Ainda me lembro da nossa excitação, e não víamos a hora de ver na telinha o desfile de nomes como Led Zeppellin, Deep Purple, Pink Floyd, Genesis, Queen (antes da era Pop), Alice Cooper, e tantos outros... Nessa época esse povo nem sabia que existia um tal país chamado Brasil, e aqueles que já tinham ouvido falar pensavam que a capital era Buenos Aires (será que alguns deles ainda acham isso até hoje?). Grande época! Grande para nós em relação ao Rock, e qual de nós estava pensando em ditadura? Isso era coisa para os adultos, o nosso negócio era uma boa guitarra, no entanto todos trabalhávamos e estudávamos, curtíamos sim o nosso som, mas respeitávamos nossos pais, conhecíamos nossos limites, o som agressivo e de protesto das guitarras alucinantes apenas chacoalhava os nossos hormônios adolescentes, e de maneira alguma nos incitava à violência, curtíamos, comentávamos, e pronto.

Uma época que se foi, e hoje essas bandas todas de vez em quando dão uma passadinha aqui pelo Brasil, mas já não é a mesma coisa. Elton John engordou demais, Robert Plant cortou sua enorme cabeleira (ainda bem, hoje estaria ridículo), o mesmo acontece com o pessoal do Deep Purple, e por aí vai. O que resta a nós, roqueiros de plantão daquela época é nos contentarmos em ouvir as músicas ainda com aquelas imagens do passado, acho que é melhor do que vê-los ao vivo hoje, diferentes, assim a fantasia pode perdurar, e por alguns instantes nos iludir, como se o tempo não tivesse passado.

Aquela qualidade de Rock and Roll? Acho que nunca mais se repetirá, foi um momento único, será bom ou ruim isso? Não sei, mas o que sei é que felizmente existe um tal de Youtube que pode nos proporcionar a alegria de rever esse povo todo no estado “original”, com aquelas enormes cabeleiras, calças boca de sino, camisetas curtas grudadas ao tórax, e com aqueles vozeirões que nos levava à loucura.
Eu poderia ficar aqui enumerando tantas bandas como, por exemplo, T.Rex, Steppenwolf, Kiss, Focus, Black Sabbath, e tantas outras, porém acho que é melhor ouvir. Difícil escolher, mas lá vai um som “light” que marcou época, No more Mr. Nice Guy, com Alice Cooper. Inesquecível.


0 comentários:

Postar um comentário

Atenção. Os comentários no Blog estão temporariamente sem moderação. Não use frases racistas, discriminatórias, contra etnias, ou palavras que incitem à violência. Esse é um blog de entretenimento, comentários devem ser feitos, mas seja educado. E, por favor, não faça spam. Obrigado.